2 de set de 2007

Os Fins Justificam os Meios


Por mais de cinco séculos, o nome Maquiavel tem sido associado ao mundo da política e da crueldade...Tendo ao longo da vida ganhado fama de figura corrupta e gananciosa, na verdade Maquiavel foi um intelectual e teórico brilhante que, após a subida dos Médici ao poder, perdeu seu emprego, foi acusado de sedição, preso e torturado. Libertado mais tarde, começou a escrever sua obra-prima, "O Príncipe", baseado em sua vasta experiência política. Dividida em 26 capítulos curtos, a princípio a obra foi recebida quase com indiferença e sua recepção imediata mal pode ser chamada de positiva ou negativa. Editado, lido e debatido ainda hoje, quando vende milhares de cópias em todo o mundo anualmente, o livro é considerado um dos mais importantes já publicados no Ocidente...É também uma das obras mais mal compreendidas que já existiram e aqueles que comprendem mal sua intenção, também compreendem mal o homem que o escreveu.

Recomendação do dia: O livro "Abril Sangrento", de Lauro Martines, ed.Imago, que nos oferece um retrato original da Florença renascentista, onde realizações artísticas deslumbrantes caminhavam de mãos dadas com violência, sadismo e truculência política.