4 de mai de 2006

Piratas


A era de glória da pirataria estende-se de 1660 até 1730, devido à comercialização de mercadoria via marítima entre vários locais (desde as riquezas do Novo Mundo, que eram transportadas em caravelas comandadas por portugueses ou espanhóis das Américas à Península Ibérica, até à mercadorias transportadas pelo mar do Caribe). Alguns piratas ficaram com o seu nome na história, tal como Edward Teach, mais conhecido por Barba Negra. Mas, a pirataria não era só um problema europeu e americano: as embarcações de Xangai até Singapura, do Vietnã ao Japão e à China, e até as embarcações não muçulmanas da costa norte de África estavam entre os alvos.

(O desenho mostra uma abordagem à fragata "Whydah", que opõe resistência).
Recomendação do dia: O livro "Além do Fim do Mundo", Ed.Objetiva, onde L.Bergreen conta com riqueza de detalhes e inúmeras revelações, a verdadeira história da odisséia de Fernão de Magalhães em sua viagem de circunavegação de 1519, pontuada por tormentas, motins, violência, luxúria e que nos lembra do que é preciso para ousar ir onde nenhum ser humano foi antes.